Publicações

Escolha uma das opções abaixo:

  • Net Neutrality, Zero-rating and the Minitelisation of the Internet
    Autor(es):
    Luca Belli

    The Internet is a general-purpose network grounded on openness, decentralisation and interoperability. Such features have allowed innovation to flourish, lowering barriers to communication, participation and cooperation, thus empowering end users. ‘General purpose’ means that the purpose for which the Internet is used is not predefined by the operator but can be autonomously decided by the end user. In this sense, the network neutrality (NN) principle mandates non-discriminatory treatment of Internet traffic to preserve the end-to-end

    [Leia mais]

    The Internet is a general-purpose network grounded on openness, decentralisation and interoperability. Such features have allowed innovation to flourish, lowering barriers to communication, participation and cooperation, thus empowering end users. ‘General purpose’ means that the purpose for which the Internet is used is not predefined by the operator but can be autonomously decided by the end user. In this sense, the network neutrality (NN) principle mandates non-discriminatory treatment of Internet traffic to preserve the end-to-end
    environment which then fosters the general-purpose nature of the Internet, unleashing end users’ creativity.

    This paper starts by briefly exploring the NN debate, stressing that the rationale of NN is to preserve an open and decentralised Internet architecture, empowering end users and protecting
    their rights. Subsequently, I stress that the combination of reduced data caps and zero rating (ZR) schemes may create artificial scarcity and jeopardise the achievement of the NN rationale.
    I provide a taxonomy of ZR models and argue that several ZR practices might limit the Internetm to a centralised configuration that characterises limited-generativity networks, such as the
    Minitel. The phenomenon that I define as ‘Minitelisation’ of the Internet consists of the shift from a user-centric, general-purpose network to one with a predefined purpose, thereby creating passive consumers of predetermined services, rather than active Internet users. 

  • Digital Watch ed.6
    [Leia mais]

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas 

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (CTS/FGV) apresenta a sexta edição da Digital Watch newsletter Brasil. A newsletter é originalmente publicada  mensalmente em inglês pela Geneva Internet Platform e pela Diplo Foundation e é um importante canal de informação acerca dos principais temas relacionados às políticas digitais.

  • Digital Watch Brasil ed. 5

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (

    [Leia mais]

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (CTS/FGV) apresenta a quinta edição da Digital Watch newsletter Brasil. A newsletter é originalmente publicada  mensalmente em inglês pela Geneva Internet Platform e pela Diplo Foundation e é um importante canal de informação acerca dos principais temas relacionados às políticas digitais.

  • Digital Watch Newsletter Brasil ed.4

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (

    [Leia mais]

    É com grande satisfação que o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (CTS/FGV) apresenta o quarto número da Digital Watch newsletter Brasil. 

Páginas